Oh Snap!

Please turnoff your ad blocking mode for viewing your site content

Pedalar emagrece? Saiba qual a melhor estratégia

Um dos melhores benefícios de andar de bike é o emagrecimento. Pedalar é um exercício que acelera o metabolismo, ou seja, a queima de calorias em seu corpo será mais rápida. Isso evita o acúmulo de gordura no organismo. Mesmo que você pedale por apenas meia hora por semana, certamente irá baixar os números na balança! Ou seja, andar de bicicleta perde barriga!

Pedalar 40 minutos por dia emagrece?

A resposta é SIM! Especialistas indicam o mínimo de 30 minutos em dias intercalados, ou seja, inicialmente você deve pedalar um dia e descansar no seguinte. Se você não possui essa disponibilidade de tempo, indica-se também pedalar de 50 minutos a 1 hora, por até 3x na semana.

Pedalar na bicicleta ergométrica emagrece?

Muito se questiona se andar de bicicleta é diferente de pedalar uma bicicleta ergométrica. Tem uma diferença, mas não é a que você está pensando, a diferença é que com a bicicleta ergométrica você terá mais conforto e segurança, pois você estará em um local fechado, sem o risco de se acidentar em terrenos acidentados ou então se envolver em um acidente com um veículo. Porém, pedalar pelas ruas ou estradas faz com que você aprecie a paisagem, conheça lugares novos, faça novas amizades etc. Então, você terá que decidir qual a melhor opção para você, mas saiba que ambas, a bicicleta ergométrica e a bicicleta normal, emagrecem.

o que emagrece mais pedalar ou caminhar

Como perder peso pedalando?

Neste tópico, iremos mostrar um exemplo de rotina, dando um exemplo do quanto você deve pedalar por dia, que você pode escolher seguir para conseguir alcançar o seu objetivo com êxito.

Primeira semana:

Segunda-feira: 10 minutos de aquecimento (intensidade leve) + 6 tiros de 2 minutos cada (intensidade moderada) + 2 minutos (intensidade leve); 

Terça-feira: descanso; 

Quarta-feira: 8 minutos de aquecimento (intensidade leve) + 8 minutos constantes (intensidade moderada) + 8 minutos constante (intensidade forte) + 8 minutos constantes (intensidade moderada) + 8 minutos constantes (intensidade leve) 

Quinta-feira: descanso; 

Sexta-feira: 10 minutos constantes (intensidade leve para moderada) + 10 giros de 1 minuto e 30 segundos cada (intensidade moderada a forte) + 30 segundos (intensidade máxima) + 1 minutos de recuperação (intensidade leve); 

Sábado: 60 minutos constantes (intensidade moderada).

Segunda semana:

Segunda-feira: 15 minutos de aquecimento (intensidade de leve para moderada) + 3 tiros de 10 minutos cada (5 minutos de intensidade moderada a forte e 5 minutos de intensidade moderada a leve); 

Terça-feira: descanso;

Quarta-feira: 30 minutos constantes (intensidade moderada) + 10 minutos constantes (intensidade moderada a forte); 

Quinta-feira: descanso; 

Sexta-feira: 10 minutos de aquecimento + 5 tiros de 2 minutos cada (intensidade forte) + 4 minutos (intensidade moderada); 

Sábado: 40 minutos constantes (intensidade moderada) + 40 minutos constantes (intensidade moderada a forte).

Terceira semana:

Segunda-feira: 10 minutos de aquecimento + 6 tiros de 2 minutos cada (intensidade forte) + 4 minutos (intensidade moderada) + 15 minutos (intensidade moderada a leve); 

Terça-feira: 40 minutos (intensidade moderada); 

Quarta-feira: descanso;

Quinta-feira: 40 minutos (intensidade moderada); 

Sexta-feira: 10 minutos de aquecimento (intensidade leve a moderada) + 6 giros de 4 minutos cada (intensidade moderada) + 30 segundos de sprint (intensidade máxima) + 1 minuto 30 de recuperação; 

Sábado: 1h30 constante (intensidade moderada).

Quarta semana:

Segunda-feira: 20 minutos (intensidade moderada) + 10 minutos (intensidade moderada a forte) + 5 minutos (intensidade próxima à máxima) + 5 minutos (intensidade leve) + 10 minutos (intensidade moderada) + 5 minutos (intensidade próxima à máxima);

Terça-feira: 60 minutos (intensidade moderada);

Quarta-feira: descanso; 

Quinta-feira: 80 minutos constantes (sendo 40 minutos de intensidade moderada a leve e 40 minutos de intensidade moderada a forte); 

Sexta-feira: 10 minutos de aquecimento + 6 giros de 2 minutos cada (intensidade próxima à máxima) + 4 minutos (intensidade moderada a leve); 

Sábado: 2 horas constantes (intensidade moderada).

Quais são os benefícios de andar de bicicleta?

Melhor condicionamento físico, aumentando a capacidade cardiorrespiratória;

Melhorar a circulação sanguínea, a integridade dos vasos e ajudar na regulação do colesterol, prevenindo o acúmulo de gorduras no interior das artérias, o que reduz as chances de desenvolvimento de aterosclerose, hipertensão e outras doenças cardíacas;

Combate à insônia, pois a atividade física leva a liberação de endorfina e outros neurotransmissores importantes para a sensação de bem-estar e relaxamento, ajudando, também, a reduzir a ansiedade, o estresse e a depressão;

Combate à celulite e à flacidez;

Controla a glicemia no sangue, o que é muito importante para quem tem diabetes;

Qual bicicleta usar?

Essa é uma pergunta que a resposta é individual. É preciso, inicialmente, definir o terreno onde você irá praticar o esporte, pois isso influencia diretamente o tipo de equipamentos que você irá utilizar. Por exemplo, caso você vá fazer um ciclismo de trilha, a mountain bike é a bicicleta indicada, uma vez que ela é mais robusta e resistente, o que é muito importante ao enfrentar as adversidades que você poderá encontrar em um trilha! Caso opte por praticar o exercício na estrada, a bicicleta é outra! Por ser praticada em pista, a bike precisa ser resistente também, mas muito mais leve. Além de possuir pneus próprios para velocidade e agilidade!

This div height required for enabling the sticky sidebar