Oh Snap!

Please turnoff your ad blocking mode for viewing your site content

O que é Cyclocross

Hoje conheceremos uma modalidade que é bem próxima do MTB e ciclismo de estrada, e por mais diferente que possa parecer, você verá aqui, o que é Cyclocross, e algumas curiosidades.

Antes de mais nada é preciso entender que na verdade ela é uma submodalidade do ciclismo, e essas provas ocorrem no outono e inverno do hemisfério norte, durante o período de outubro a fevereiro.

Sendo um esporte radical, criado para superar obstáculos, as bikes devem ser ideais para tal, pois o ciclista precisará carregar sua bike e desempenhar uma leitura que deverá ajudar no trajeto.

Vale a pena ressaltar que é um esporte predominante no inverno, então, ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto?

Então não deixa de acompanhar esse texto até o final.

Como funciona o Cyclcross

Seu circuito consiste em dar várias voltas, podendo ser de 2km a 5km, possuindo normalmente um terreno cheio de pequenos obstáculos, como areia, principalmente lama, galhos e grama.

E claro, sem contar os obstáculos artificiais que podem ser escadarias ou barreiras, sendo assim, por exigir muito do físico, seus atletas precisam ter força..

Pois passam muito tempo empurrando as bikes ou as carregando nos ombros.

Muito popular pelo mundo, seus lugares mais desenvolvidos são França, EUA, Canadá e Suíça, não necessariamente nessa ordem.

Mas, por conta disso, é muito comum ver qualquer uma dessas nacionalidades constantemente no pódio.

Por ser algo que envolve muita técnica, os especialistas sempre são cogitados como favoritos, em provas que não exigem só as pernas, mas muita força braçal também.

Em algumas provas menos profissionais, é possível competir com mountain bikes, mesmo não trazendo benefício algum, pois essas geralmente são menos rápidas e menos técnicas para a modalidade.

Surgimento e auge de temporada

A temporada tem seu auge de outubro a fevereiro, justamente na fase em que o ciclismo de estrada está em pausa por causa do inverno da Europa.

O que começou como apostas de quem chegasse a outra cidade primeiro, de forma não convencional, tomando atalhos, atravessando cercas e fugindo de animais, acabou se tornando um esporte.

Foi com isso que os atletas viram uma possibilidade de seguirem com o seu condicionamento físico através do esporte, mesmo no inverno, e foi dessa forma que o Cyclocross se edificou.

Um dos maiores entusiastas da modalidade, foi Géo Lefèvre que, em 1902, ajudou a organizar o primeiro campeonato Frances, chamado de Tour de France.

Bike de Cyclocross

Aos olhos inocentes, elas são facilmente confundidas com bikes de estrada, mas se analisar bem, é possível justificar o motivo de existir uma bicicleta especialmente para essa modalidade.

Os pneus mais largos e com cravos, fazem com que sejam muito mais chamativos que os de estrada, já que seus pneus nunca tem uma largura inferior a 30mm.

Sem contar que trabalha com pressão mais baixa e os cravos dão mais aderência à bicicleta.

A folga entre o pneu e o quadro tende a ser maior, pois dessa forma a lama não fica acumulada, o que é importante para essa modalidade.

Com frios a disco já é quase que tradicional, uma vez que esteja com lama ou molhada, o freio permanecerá fazendo o efeito esperado.

A transmissão mais leve também é uma característica, muitas das vezes com única coroa.

A geometria menos agressiva distancia os eixos, o que dá mais estabilidade.

O top tube não é comprido, e o guidão costuma ser posicionado mais pra cima, com a mesa mais curta e a parte do quadro que encaixa o eixo traseiro menor.

Mais detalhes sobre Cycloross

Nesse tópico, vamos pontuar mais algumas informações sobre o assunto, sendo elas sobre:

  • Uso de proteção
  • Tipos de obstáculos
  • Subidas
  • Curiosidades

Uso de proteção

O uso de proteção como capacete e óculos são essenciais, uma vez que contra as quedas o capacete protege, e os óculos para que não batam galhos, insetos e nem respingue água ou lama diretamente nos seus olhos.

Tipos de obstáculos

Pedras e valas são apenas alguns dos obstáculos que o biker deverá enfrentar ou evitar num circuito de Cyclocross, com circuitos e obstáculos naturais e artificiais, como barreiras de madeira.

Subidas

Subidas íngremes ou que impeçam o ciclista de pedalar, os obrigando a subir com as bicicletas nas costas, além de curvas fechadas que demandam atenção e técnica do atleta.

Curiosidades

É permitido a troca de bicicletas durante uma prova de cyclocross, isso ocorre devido às competições oficiais.

Elas possuem etapas com tanta lama que, durante uma volta, o atleta pode substituir a bike enquanto a sua equipe limpa a outra.

Campeonato mundial

Falando um pouco mais sobre campeonato, caso esteja sozinho em um, é possível bloquear os adversários nas mesmas sessões que acredite que o adversário seja mais rápido.

Disputadas em circuitos dos mais variados tipos, a tradicional foto de ciclista com a bike nas costas é a primeira referência quando vamos falar sobre as competições.

O campeonato conta com vários tipos de subidas íngremes, como citamos anteriormente.

É um campeonato bem criativo e que requer muito esforço e atenção.

Assim como em outras provas, existe uma linha de chegada e de largada, que os ciclistas dão o seu melhor até o final.

Buscando logo no início a melhor posição, costuma causar muitos encontrões e quedas.

Sendo um esporte que tende a ser individualista, por ser uma corrida um pouco mais lenta, não existe o mesmo raciocínio para os bikers seguirem na mesma forma que não seja independente.

Porém, caso tenha um companheiro de equipe no circuito, é possível elaborar um plano, como permitir distancia para o companheiro, desacelerando numa curva mais estreita.

Conclusão

No artigo de hoje, pudemos entender um pouco mais sobre o que é Cyclocross, como ele funciona, de onde surgiu e as especificações para uma boa bike para a modalidade.

É possível encontrar bikes para competir dos mais variados preços e cores, tudo indo de acordo com a necessidade do competidor, da prova, das exigências do solo e do tempo que precisará ficar em ação.

This div height required for enabling the sticky sidebar