Oh Snap!

Please turnoff your ad blocking mode for viewing your site content

Ciclismo: O que é, como surgiu e quais os principais benefícios

Dificilmente encontramos alguém que nunca teve contato ou que nunca ouviu falar sobre ciclismo.

Já que é uma modalidade praticada seja para esporte, recreação ou transporte, e por vezes, tem o objetivo de levar um indivíduo a um determinado percurso no menor tempo possível.

Atualmente, o ciclismo está presente em diversas ocasiões, e tudo isso é possível devido aos avanços e melhorias feitas nas bicicletas ao longo dos anos

Mostraremos neste artigo algum dos principais benefícios do ciclismo, como surgiu e suas modalidades.

O que é ciclismo?

Ciclismo é um esporte praticado com uma bicicleta, envolve a repetição de um movimento, popularmente conhecido como o ato de “pedalar”.

É uma atividade multifuncional, visto que  pode ser utilizado em competições, como meio de recreação e como forma de atividade física realizada nas academias ou de forma livre nas ruas.

Qual a história e como surgiu o ciclismo? 

O surgimento do ciclismo se deu na Inglaterra em meados do século XIX, no ano de 1890. Nesta época, o equipamento possibilitou a prática do ciclismo.

Desde então, a bicicleta passou por uma série de aperfeiçoamentos, que possibilitaram o alcance de maiores velocidades que permitiram que o ciclismo se desenvolvesse enquanto modalidade esportiva.

Embora a evolução da bicicleta ocorreu durante o ano de 1890, o ciclismo já havia sido utilizado como modalidade esportiva pela primeira vez em 1869. Durante a primeira maratona ciclística com um percurso de 123 km entre as cidades de Paris e Rouen.

Em 1896, o ciclismo ganhou projeção mundial após ter sido inserido nos jogos olímpicos.

A primeira competição teve largada em Atenas, os ciclistas foram até a cidade de Marathon e em seguida retornaram à Atenas.

O ciclismo esteve ausente nas três edições olímpicas seguintes à competição de Atenas, retornando às competições em 1912, em Estocolmo e desde então se manteve presente nos jogos olímpicos.

andando-de-bike

Quais as modalidades de ciclismo?

Existe uma ampla variedade de modalidades no ciclismo, o que permite atender uma grande diversidade de pessoas amantes deste esporte.

Na atualidade, nos Jogos Olímpicos, existem 5 modalidades de ciclismo, entre elas:

  • BMX (Bike Motocross)
  • BMX estilo livre (freestyle)
  • Ciclismo de Estrada
  • Mountain Bike (MTB)
  • Ciclismo de Pista.  

Cada modalidade apresenta particularidades, vamos entender cada uma delas: 

1 – BMX (Bike Motocross)

O maior objetivo desta modalidade é a realização de manobras radicais, por vezes, em grandes alturas.

Necessita de grande competência e habilidade dos atletas devido a complexidade envolvida.

Nas provas de BMX, 8 atletas disputam a chegada até à final.

Utiliza-se bicicletas com aro 20”, uma marcha e um freio.

Os ciclistas iniciam a disputa em uma plataforma com cerca de 10 metros de altura e precisam passar por vários obstáculos até cruzarem a linha de chegada. 

2- BMX estilo livre (freestyle) 

O objetivo desta modalidade é realizar uma série de manobras que desafiam a gravidade, dando giros e saltos no ar. Também são utilizadas bicicletas com aro 20”. 

No BMX estilo livre (freestyle) encontramos 5 estilos de prova, que se diferenciam um do outro de acordo com a forma e o local em que são realizadas as manobras.

São elas:

  • Dirt jump (praticado em rampas de terra)
  • Vertical (executada em uma rampa em forma de “U”)
  • Street (praticado em ruas com escadas e rampas)
  • Mini-Ramp (geralmente realizadas em rampas de madeira)
  • Flatland (apresentação no solo sem rampas ou pulos)

3- Ciclismo de Estrada

Como o próprio nome já diz, esta modalidade é realizada em estradas ou nas ruas, é a modalidade pioneira nas disputadas no ciclismo.

Existem dois tipos de prova: Individual contra relógio, onde utiliza-se bicicletas bem leves, que pesam em torno de 7 kg, e vence quem fizer o menor tempo dentro do percurso.

Outro tipo de prova é a competição de equipes na estrada, a qual é uma prova de resistência, com trajetos entre 250 km a 280km para os homens e 100 km a 140 km para as mulheres.

Cada grupo elege um líder e há um objetivo de que ele se canse o mínimo possível para que consiga chegar à frente das outras equipes. 

4- Mountain Bike (MTB)

Nesta modalidade, o ciclista percorre terrenos com diversos níveis de dificuldade, dando múltiplas voltas.

Em uma competição, vence quem cruzar a linha de chegada primeiro após completar todas as voltas.

As bicicletas dessa modalidade apresentam material resistente a impactos, pneus largos e amortecedores dianteiros e traseiros.

Os ciclistas necessitam de uniformes leves e capacetes de proteção ventilados.

Este tipo de prova se tornou modalidade olímpica em 1996, nos jogos de Atlanta.

Em média, as provas têm duração de 1h30 a 2 horas e o circuito deve ter entre 4 km e 6 km. 

5- Ciclismo de Pista

Esta modalidade surgiu inspirada no ciclismo de estrada, é realizada em uma pista oval de 250 metros, conhecidas como velódromos.

Os ciclistas competem para atingir o menor tempo durante as voltas com elevadas velocidades.

As bicicletas possuem apenas uma marcha e não possuem freio, com a finalidade de evitar acidentes diante da alta velocidade usada neste tipo de ciclismo. E para diminuir a velocidade deve-se pedalar para trás. 

Existem 6 tipos de provas nesta modalidade, entre elas:

  • Velocidade individual (um contra um),
  • Velocidade por equipes: (três ciclistas no masculino disputam com duas no feminino),
  • Perseguição por equipes: (disputa feita por duas equipes de quatro corredores cada),
  • Keirin: (seis ciclistas disputam ao mesmo tempo)
  • Madison: (sprints intermediários, disputado por duplas)
  • Omnium> (possui 6 provas de diferentes níveis, objetivando acumular o maior número de pontos entre as competições).
andando-de-bike-de-rua

Quais os benefícios do ciclismo?

O ciclismo é um exercício de baixo impacto que traz inúmeros efeitos benéficos a saúde.

Pode ser praticado por pessoas de diversas faixas etárias, e além de ser uma atividade divertida, colabora com o meio ambiente.

Contribuindo com a emissão zero de dióxido de carbono (CO2), ou gás carbônico como é popularmente conhecido.

Este gás é principalmente liberado pelas indústrias do setor de energia e os carros. Quando liberado em altas concentrações no ar, provoca desequilíbrios ao ecossistema.

Existem diversos benefícios proporcionados pelo ciclismo, muitos deles possibilitando aliar a celeridade na rotina junto a promoção da saúde.

Como por exemplo, ir ao trabalho pedalando, é uma forma eficiente de combinar atividade física regular com a rotina cotidiana.

Há estudos que estimam que em torno de um bilhão de pessoas andam de bicicleta todos os dias, seja para transporte, recreação ou esporte.

Entre tantos benefícios que este esporte proporciona, está o fato de que é uma atividade aeróbica, ou seja, faz com o que seu coração, vasos sanguíneos e pulmões se exercitam enquanto você pedala.

O ciclismo regular promove a elevação da aptidão cardíaca, aumento da força muscular, aumento da mobilidade, e diminuição dos níveis de gordura corporal.

Além de melhorar a saúde física, pode melhorar sua saúde mental, por ser uma atividade divertida, promove diminuição dos níveis de estresse, redução da ansiedade e das chances de depressão.

This div height required for enabling the sticky sidebar